Sobre Projeto Além das Lentes

Projeto Além das Lentes

educação inclusiva através da cultura


Além das Lentes é um projeto cultural e independente, em que ensinamos fotografia e cinema em favelas, comunidades indígenas e centros socioeducativos. Acreditamos na cultura como forma de educação e usamos a fotografia documental como ferramenta de transformação. Nosso objetivo não é apenas formar fotógrafos, nossa ideia é mostrar através da fotografia novos mundos, mas principalmente conhecer a sua realidade. Cada comunidade trabalhamos atividades conforme suas necessidades, mas todas atividades em torno do nosso Caderno Criativo. Criamos uma metodologia através da escrita, desenho, vídeo e fotografia documental - o caderno é um álbum de fotografia caseiro, criado e escrito por eles para eles. É uma forma que encontramos para continuar motivando eles após a nossa viagem, com lembranças impressas.


Atividades:


- Oficinas de Fotografia e Cinema

- Workshop do Saber: elaboramos para executar em centro socioeducativos, a partir disso, resolvemos desenvolver para empresas como forma de manter o projeto e incluir jovens das comunidades - comprando um ingresso você acaba gerando oportunidade para outro jovem que não poderia pagar para estar no workshop também.

- Cineclube: encontros para assistir e refletir sobre temas abordados nos audiovisuais exibidos, acompanhados de palestras.

- Série Documental Além das Lentes: Cada estado que passamos com o projeto, produzimos um episódio da Série Além das Lentes e através do audiovisual, as pessoas contam suas histórias. Foi uma forma que encontramos para protagonizar pessoas que consideram-se invisíveis: começou com vídeos para Instagram e transformamos na série com episódios de em média 15 minutos. Primeiro destino de 2019 foi na fronteira do Brasil com a Venezuela, atuando com os refugiados e com as comunidades indígenas que estão recebendo eles. Já passamos por Roraima, Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul - você pode acompanhar sobre essas experiências no Frangmentos. Muita história ainda será escrita e a cada dia reescrevendo a nossa.